Refletor de LED: o que considerar na hora de escolher o seu

Posted by John Doe 04/02/2020 0 Comentários
 
 
Acertar na escolha do refletor de LED é um cuidado importante para valorizar ambientes externos, como jardins, entradas de condomínios ou mesmo a fachada do seu negócio.
 
Outra função bem importante é a segurança. Espaços mais iluminados tendem a passar a sensação de um ambiente mais seguro. Além disso, corredores, garagem e escadas são exemplos de áreas que merecem uma iluminação estratégica para evitar acidentes. 
 
Confira neste post tudo o que você precisa saber para escolher o seu refletor de LED de acordo com a sua necessidade.
 
 

Refletor de LED  X demais refletores

 
 
 
Existe uma variabilidade muito grande de qualidade nos produtos de iluminação LED no mercado brasileiro. Com os refletores, não é diferente. Os produtos de baixo custo / baixa qualidade que inundam o mercado possuem vida útil muito curta, começando a piscar ou aquecer muitas vezes com apenas uma semana de uso.
 
Além da baixa durabilidade dos refletores genéricos, sua eficiência também é sofrível. Significa que eles gastam a mesma energia de um refletor de qualidade, mas produzem geralmente menos da metade da iluminação propriamente dita.
 
Alguns sinais iniciais preocupantes são, por exemplo, o fio de ligação extremamente fino, o peso do produto muito inferior ao normal e a resistência do braço de suporte e das aletas de dissipação muito baixas.
 
Depois de ligados, os refletores de baixa qualidade apresentam uma luminosidade inferior, com uma luz mais azulada que o normal, fazendo com que o ambiente fique pálido, com cores pouco definidas.
 
Para evitar dores de cabeça e ter que conviver com produtos de péssimo desempenho, preste atenção no momento da compra se o produto tem alguma marca reconhecida, adquira de lojas especializadas.
 
 
Quando comparados aos refletores tradicionais, o refletor LED apresenta maior duração e menos desperdício de energia. Isso acontece porque a tecnologia LED é capaz de transformar energia elétrica em luz no estado sólido sem precisar dos filamentos usados em lâmpadas convencionais. Por causa disso, o custo benefício dos refletores LED é uma das principais vantagens do produto.
 
 

Vantagens e benefícios 

Como você agora já sabe, o refletor LED possui diversos benefícios. Dentre eles a economia de energia e o melhor custo-benefício. Mas as vantagens de optar por esse tipo de iluminação não param por aí. Os principais benefícios de escolher um refletor LED são:
 
1. Durabilidade:
Refletores por si só, são aparelhos resistentes. Porém, a tecnologia LED é capaz de aumentar sua durabilidade em até três vezes. Uma lâmpada de LED chega a durar por volta de três anos de uso, funcionando de forma contínua, vinte e quatro horas por dia.
 
2. Resistência:
Refletores LED são extremamente resistentes às diversas alterações climáticas e aos impactos comuns às áreas externas.
 
3. Cores e intensidades variadas:
Esse tipo de refletor possui ampla variação de tons e de intensidade luminosa. Dessa forma, é possível inovar em decoração, sem abrir mão da segurança e da economia.
 
4. Luz potente:
Os refletores LED emitem luz em um ângulo de 120º, garantindo que a iluminação se espalhe pelo ambiente de maneira ampla e uniforme. Isso, associado à intensidade potente LED que não esquenta facilmente, impede a ocorrência de curtos circuitos, o desperdício de energia e torna a iluminação mais eficaz.
 
5. Economia:
Atualmente, o LED pode trazer uma economia de cerca de 80% e uma vida útil de até 40 mil horas. Você economiza também com a manutenção, pois não será necessário trocar a lâmpada periodicamente como acontece com as comuns. Além de ser resistente às intempéries, à água, às vibrações e aos impactos, o refletor de LED também têm instalação segura e não oferece perigo ao instalador.
 
6. Sustentabilidade:
Refletores LED não emitem raios UV ou IV e não possuem mercúrio e demais metais tóxicos em sua composição, evitando que seu descarte contamine o ar, o solo e a água, diminuindo possíveis danos aos animais e meio ambiente.
 
Além de todas essas vantagens, o refletor LED também possui instalação mais fácil e segura que refletores comuns. 
 

As variações de potência 

O consumidor que pretende acertar na escolha do refletor de LED também precisa ficar atento à variação de potência entre os diferentes modelos comercializados no mercado. 
 
  •  10 W  - Por ser o mais discreto, o refletor de LED de 10 W é indicado para iluminar pontos específicos. Tem fluxo luminoso que varia de 700 a 1000 lumens e alcance de até 1 metro. Apesar de pequeno, tem luminosidade comparada à das lâmpadas incandescentes de 100 W;
     
  •  20 WO refletor LED com 20 W também pode ser encontrado em modelos à prova d’água e em variadas cores. Ele é ideal para iluminação de piscinas, árvores, fachadas, jardins e eventos, com alta economia de energia. Podemos encontrar também produtos com a tecnologia do micro LED. Isso permite um fator potência adequado, maior aproveitamento do fluxo luminoso, e evita superaquecimento para que não haja a diminuição de vida útil do chip de LED. Um refletor de 20 W chega a iluminar 2 metros, aproximadamente;
     
  • 30 WOs refletores de LED de 30 W são intermediários e têm fluxo luminoso de 2000 lumens, iluminando cerca de 3 metros;
     
  • 50 W - Os refletores de 50 W são usados principalmente para iluminar garagens, portões e fachadas. Com fluxo luminoso de 3000 lumens a 4500 lumens, eles cobrem áreas maiores e podem substituir os antigos refletores halógenos de 400 ou 500 lumens. Têm vida útil de, aproximadamente, 30 mil horas e um alcance de 4 metros;
     
  • 100 W - O refletor LED de 100 W é ideal para campos de futebol, jardins, fachadas e condomínios e também pode ficar exposto na rua. Seu ângulo de abertura é de 120°, tem uma vida útil de 30 mil horas e é bivolt. Sua luminosidade é de aproximadamente 9 mil lumens e chega a 8 metros. O refletor acompanha fio terra e parafusos para fixação de suporte;
     
  • 150 WSua luminosidade, de 14 mil lumens, chega a 12 metros, e tem a proteção IP66 contra as ações do tempo;
     
  • 200 W - O refletor LED de 200 W pode chegar a 18 mil lumens, dependendo do modelo. Ele também ilumina até 16 metros, sendo indicado para áreas maiores.

 

Qual cor escolher?

 

 

Acertar na escolha do refletor de LED também significa definir a cor da luz que melhor se adequa ao seu projeto. São várias as opções disponíveis no mercado. Mais populares, os modelos que emitem luz branca se subdividem em dois tipos.
 
A luz branca fria produz uma iluminação mais intensa e clara, o que faz desse modelo um dos campeões na preferência dos usuários. Esses refletores de LED podem ser instalados para os mais diversos propósitos.
 
A luz branca quente, por sua vez, é conhecida por ampliar a sensação de aconchego e conforto. Por essa razão, sua utilização é bastante comum em ambientes internos. Apesar da predominância do branco, também existem refletores de LED coloridos. A gama de cores é variada, mas o destaque fica para o verde, utilizado em jardins para realçar o tom natural.
 
Os refletores de LED estão disponíveis em diferentes tonalidades, entre elas a branca e amarela. Para saber qual funcionará mais adequadamente em seu espaço, saiba quais são as necessidades específicas: se você está procurando por maior luminosidade, opte pela branca. Ao contrário do efeito mais eficiente causado pela luz branca, a lâmpada de LED amarela causa sensação de aconchego e relaxamento.
 
 
O refletor de LED será a escolha perfeita para que você implemente ainda mais conforto e aconchego à área externa de sua casa. Escolha pontos estratégicos do jardim para emitir a luz de maneira estratégica, iluminando todas as partes e criando uma complementação entre os espaços.
 

Onde usar?

 

O refletor de LED pode ser utilizado em diversos tipos de ambientes e situações como, por exemplo, em fachadas. Quem já viu uma fachada iluminada por refletores LED sabe que o efeito decorativo é moderno e atraente.
 
Sem dúvida alguma utilizar refletores LED para iluminação em jardins proporciona maior elegância ao paisagismo, além disso, é possível utilizar diversas cores e criar ótimas combinações, mas alguns cuidados devem ser tomados, pois estes locais demandam intensidades diferentes.
 
 
 
Por exemplo, em lugares que necessitam de menos iluminação, refletores de 10 a 50 watts, a uma altura de mais ou menos seis metros do chão, serão suficientes para iluminar o local.
 
Os refletores podem ser instalados nos cantos do jardim ou em áreas com menor fluxo de pessoas. Também fica legal colocá-los em áreas perto da borda da piscina, se for o caso.
 
 
Além disso, você ainda pode combiná-los com outros esquemas de iluminação, como luminárias de parede, lustres, pendentes, entre outros, para dar aquele charme na sua decoração.
 
Em mesas e cadeiras, que também são frequentemente utilizados, o ideal é utilizar refletores de 100 watts, para uma clareza maior do ambiente. É válido lembrar-se de não posicionar um refletor de frente para o outro, evitando aquele “clarão” indesejado.
 

O que considerar na hora de escolher um refletor?

Um dos pontos que deve ser levado em consideração na hora de adquirir um refletor LED é seu modo de acionamento de acordo com a necessidade. Uma opção é o ligamento automático, assim que escurece o dia, e o seu desligamento, com o nascer do sol. Outra possibilidade é o refletor com sensor de presença. Os dois modelos podem também ser combinados.
 
Outra especificação técnica importante a se observar é a quantidade de luz emitida por Watt, que determinará a luminosidade que o refletor atinge. Verifique também a vida útil do refletor e os certificados de garantia e de qualidade.
 
Os refletores de LED podem ser instalados em paredes e postes, utilizando suportes, ou até mesmo no chão. Para uma iluminação que garanta segurança, é importante pensar em pontos estratégicos, a fim de aumentar a visibilidade.
 

Invista no sensor de presença 

 
 
Os refletores LED tradicionais emitem apenas uma cor, quer seja branca ou colorida. Mas para muitas aplicações, a variação da cor emitida é imprescindível, por exemplo, para efeitos em jardins ou iluminação de eventos. 
 
Os refletores LED, por sua natureza eletrônica, supriram muito bem essa lacuna, existindo hoje modelos automáticos ou com controle remoto, que emitem uma ampla tonalidade de cores, percorrendo todo o espectro. 
 
Além dos modelos RGB Coloridos, os refletores também ganharam um acessório com objetivo de auxiliar o monitoramento de espaços e reduzir o consumo de energia, que são os sensores de presença.
 
Hoje em dia, existem refletores LED com sensores de presença embutidos, muito usados por exemplo na entrada de garagens ou locais de passagem de pedestres, em que o acionamento do produto ocorre apenas quando há detecção do movimento, aumentando a segurança e reduzindo o consumo de energia.
 
Além dos modelos tradicionais, que emitem luz de uma única cor, existem outras opções: uma delas é refletor de LED com sensor de presença acoplado. Nesse modelo, o produto é ativado mediante a detecção de movimento no ambiente. Os sensores contribuem para a economia de energia, além de aumentar a segurança, tornando sua utilização recomendável em locais que há um fluxo intenso de pessoas.
 
Há também os refletores de LED que emitem uma ampla variedade de cores, podendo ser definidas por controle remoto. Essa variação ajuda a proporcionar vários efeitos de encher os olhos de quem frequenta o ambiente.
 
 
Gostou desse artigo? Curta nossa página no facebook e compartilhe essa informação com outras pessoas.

Deixe um Comentário