Sala de jantar: aprenda a escolher a iluminação perfeita

Posted by John Doe 13/12/2018 0 Comentários
 
 
 
Devido a todas as atividades que ocorrem na sala de jantar, é importante que o espaço possua uma iluminação suficiente e adequada. O ideal é que haja uma iluminação que possa se adequar a cada ocasião e uma ótima opção é combinar a iluminação geral com a iluminação de centralizada, deixando o ambiente mais aconchegante e interessante. Confira as dicas que selecionamos e aprenda a escolher a luminária perfeita para a sala de jantar.
 
 

A iluminação adequada para a sala de jantar

 

Uma iluminação eficaz para a sala de jantar permite enxergar o que está sendo servido e visualizar aqueles que estão sentados. Com luzes baixas, a sala de jantar ganha um ar romântico, enquanto se bem iluminada e com pontos de luz focalizando objetos interessantes, se torna um local ideal para uma reunião de amigos. Lembre-se que o projeto de iluminação deve contemplar a sala inteira.
 
 
 
 
Esse tipo de iluminação ainda apresenta um pouco de tradicionalismo, uma vez que o comum é instalar um lustre ou um pendente acima do centro da mesa. Os Lustres e pendentes enobrecem a iluminação da sala de jantar, dando mais ênfase a focos pontuais, mas é possível inovar com cores, formatos e propostas diferentes de luminárias. 
 
 

Qual luminária escolher para a sala de jantar

 
 
A escolha da luminária depende do seu gosto pessoal, do seu estilo decorativo e também das necessidades de iluminação do ambiente, é possível usar alguns tipos de luminárias na sala de jantar, sendo eles:
 
 
Spots: Não são muito indicados para a iluminação geral da sala de jantar, mas ajudam a iluminar um ponto específico. Ficam bem sob aparadores e bufês. 
 
Embutidas: Elas não deixam o ambiente sobrecarregado, já que são embutidas no teto de gesso. 
 
Lustre: O lustre pode servir para realizar a iluminação principal do ambiente ou apenas para compor a decoração. Essa luminária é a que cria menos sombra.
 
Pendente: São muito usados sobre a mesa de jantar, bancadas e aparadores e dão um toque decorativo especial ao espaço, podendo se misturar facilmente a outros tipos de luminárias.
 
Plafon: É aquele tipo de luminária que ocupa o centro de um ambiente e é instalado bem rente ao teto. Pode produzir um efeito de luz direta ou de luz indireta.
 
 
Após as escolha da luminária é preciso levar em consideração que:
  •  Em mesas de jantar retangulares muito compridas é comum o uso de dois lustres ou pendentes de forma que toda extensão seja iluminada, ou, o uso de um pendente amplo;
  •  Para as luminárias em que as lâmpadas ficam aparentes seja no lustre ou no pendente, é indicado o ouso das lâmpadas leitosas ou foscas;
  •  Prefira as lâmpadas de temperatura de cor quente ou neutra, entre 2.700K e 4.000K. Isso é importante para que você possa enxergar as cores exatas dos alimentos; 
  •  Para evitar o efeito “chapado” o pendente deve ser instalado com uma altura entre 70 cm a 90 cm do tampo da mesa.

 

Gostou de saber como escolher a iluminação perfeita da sala de jantar? Curta nossa página no facebook e compartilhe essa informação com outras pessoas.

Deixe um Comentário