Iluminação para bares: Veja como aplicar

Posted by John Doe 11/06/2019 0 Comentários

Resultado de imagem para Iluminação para Bares e Restaurantes

 

Os bares atuais além de apenas bebidas disponibilizam aos clientes um cardápio amplo com refeições, petiscos e sobremesas diversificadas. Planejar a iluminação para bares correta ajuda seja para criar um clima ou para destacar tanto um prato em seu empreendimento. 

 
Em recente pesquisa sobre comportamento e bem-estar em bares, revelou que grande parte dos clientes desse tipo de estabelecimento vão embora de um ambiente que está mal projetado em iluminação. O desconforto de luz e espaço é algo inconsciente, mas altamente reativo.
 
Visibilidade e ambientação são as palavras quando nós falamos de iluminação para bares, o fato de iluminar um prato ou uma bebida que vem em destaque como apresentação para o cliente importa muito, e gera um valor associado diferente.
 
Projetar a iluminação para bares pode criar identidade e destacar a sua marca na mente dos consumidores. As luzes alteram as percepções de formas, materiais, cores e proporção, a partir das diferenças das tonalidades e intensidades da luz e sua distribuição.

 

Esses efeitos são criados a partir de um uso adequado de luminárias, lâmpadas e posições de instalação.

 

 

Técnicas de iluminação

Entre as principais funções da iluminação para bares estão:
 
Destacar: Os seres humanos são fototrópicos, atraídos pela luz. A iluminação para bares correta ajuda a definir um foco, reforçar uma organização de espaço.
 
Separar: Estabelecer vários ambientes em um mesmo espaço é uma das possibilidades da iluminação. Os espaços possuem uma mesma característica, mas se tiver uma iluminação diferente em cada ponto, eles serão diferenciados.
 
Conectar: Liga espaços através de uma similaridade de tratamento de iluminação de um local para o outro, de maneira que mesmo que separados ainda tem uma linguagem parecida.

 

 

Luz e Espaço

Uma luz muito difusa e a ausência de fórmulas deixam todos os objetos com aparência plana e sem definição de formas.
 


O contrário acontece com combinação de luz e sombras. Tanto a sombra quanto a luz também deve ser planejada adequadamente para cada ambiente, pois, as qualidades junto ao contraste formam as características do projeto.
 
Ambas as sensações como de bem-estar ou de desconforto podem existir em relação à luz e espaço. Os clientes tendem a falar mais baixo em locais com luzes baixas e falar mais alto em ambientes de maior claridade.
 
Caso você esteja pensando em ter um bar, lembre-se que iluminação para bares nem sempre tem a ver com custos, e também que é um meio de investimento, sendo assim esse investimento se torna de grande sabedoria, hoje em 2019 quem tem um bar que tenha uma iluminação com conceito, tem sim um público alvo diferenciado e uma projeção ao sucesso, pois, tem um diferencial para o cliente.

 

 

A influência da iluminação no comportamento do consumidor

 
O comportamento do consumidor pode ser influenciado pela iluminação de diferentes formas. 
 
Se o objetivo é que o cliente passe mais tempo dentro do estabelecimento a iluminação para bares deve ser pensada para criar um espaço acolhedor, já que tons mais suaves geram a sensação de tranquilidade e de um ambiente convidativo.
 
Mas se o seu bar transmite a ideia de um ambiente mais agitado, com movimento, música ao vivo com bandas e cantores, o ideal é investir em uma iluminação alta e intensa nos pontos principais e de passagem do local.
 
 
É fundamental ficar atento à iluminação e à sensação que se quer passar, uma vez que projetada uma iluminação para bares ruim, ela se torna o ponto prejudicial para o negócio. 
 
É necessário dosar os extremos de cada iluminação projetada. Um ambiente muito escuro demais traz riscos de acidentes, dificuldade na visualização dos produtos e tudo junto pode não despertar o interesse dos clientes de permanecer no local.
 
Já os bares com iluminação muito intensa pode gerar fadiga visual e calor demasiado. Por isso na hora de planejar a iluminação para bares é necessário separar todas as dicas, entender o que o seu cliente procura e aplicar no seu bar todas as orientações com moderação.
 
 
 

Como escolher as luminárias para bares?

As luminárias para bares são vistas como um elemento “coringa” no projeto de iluminação, pois, podem proporcionar diversos efeitos de acordo com o modelo escolhido e a disposição no ambiente. Entre as mais conhecidas, podemos destacar:
 
 
Luminária Aletada
 
 
Ela possui este nome por conta da aleta, uma estrutura feita geralmente de alumínio ou outro material com alta capacidade reflexiva que reflete a luminosidade produzida pela lâmpada e potencializa esse resultado. A luminária aletada é recomendada para bares com grande movimentação ou espaços amplos, já que proporciona mais luz, porém, sem impacto sobre os clientes.
 
 
Luminária Pendente
 
 
A luminária pendente é um modelo bem interessante para bares. Um modelo retangular ou circular sobre o balcão cria um aspecto intimista e reservado, além de garantir a luminosidade ideal para essa área. No momento da instalação, é essencial posicioná-la na altura correta de modo a proporcionar o impacto ideal.
 
Existem também os lustres suspensos, que são um modelo utilizado para obter uma iluminação mais focalizada sobre um determinado ambiente. Se a elaboração do projeto da iluminação para bares for pensada  para transmitir um efeito mais aconchegante para os clientes e um clima mais intimista se considerarmos todo o ambiente, essa é a luminária ideal. 
 
 
 
Arandelas
 
 
As arandelas são consideradas luminárias para uma iluminação secundária. Elas não oferecem luz direta sobre o ambiente, entretanto, saber utilizá-las da forma adequada certamente valoriza o ambiente e cria um clima mais agradável para todos. Neste caso, elas podem ser um elemento de decoração e colocadas nas paredes junto a quadros, jardins suspensos e outros elementos que mereçam destaque.
 
 

Controle a luz dispersa

 
Em qualquer espaço, há fontes de luz inevitáveis que podem desfazer todo o tempo e esforço gasto no planejamento perfeito da iluminação para bares. Poluição visual pode vir de fontes como janelas sem proteção em dias de sol, iluminação da cozinha, corredores, luzes ambientes do lado de fora e a luz de leitura em um carrinho de garçom.
 
É possível evitar que a poluição visual afete negativamente a iluminação do bar. Confira algumas sugestões:
  • Utilize persianas nas janelas;
  • Troque ou cubra lâmpadas que você pode ver diretamente, ou em um reflexo;
  • Ajuste as tampas de luz em luminárias na parede, luzes aéreas e outras luzes no seu restaurante para que a lâmpada não seja visível. 

 

 

 

Quer adquirir lâmpadas de qualidade para o seu estabelecimento? Clique aqui e peça seu orçamento seu compromisso. Compartilhe essa dica com seus amigos!

Deixe um Comentário